A previsão das despesas está assim prevista: 2,4 milhões para o gabinete do prefeito e suas assessoria e sub prefeituras; 13,1 milhões para Secretaria da Administração; 2,0 milhões Finanças; 24,1 milhões Desenvolvimento Econômico; 47,5 milhões Educação e Cultura; 16,7 milhões Agricultura e Meio Ambiente; 33,1 milhões Saúde; 12,4 milhões Obras e Urbanismo; 14,6 milhões Assistência Social; 11,6 milhões Transportes; 1,0  milhão Planejamento; 3,6 milhões Infraestrutura e 17,1 Administração Geral.

Deixe uma resposta