Igualmente a mais 21 municípios da Região Oeste, Santa Helena foi considerada em Situação de epidemia em incidência de dengue.

Já foram notificados mais 800 casos e confirmados quase 300. Todavia, a situação, segundo os próprios moradores é bem mais grave, pois existem ruas com dezenas de casos que não foram notificados ou que as pessoas já nem procuram os postos de saúde pela ineficiência do atendimento, procurando diretamente as farmácias ou se tratando em casa.

A situação é tão grave, que já afeta o comércio e a indústria, pois dezenas de funcionários já estão se ausentando dos empregos, existindo casos já de contaminação dos próprios colegas dos estabelecimentos.

O descuido, quase que geral da população e, especialmente, da fiscalização do setor de saúde da administração pública é evidente. No Estado já existe mais de 52.652 mil casos, sendo que somente no 50 Municípios do Oeste são mais que a metade dos casos com 24.397 mil, sendo 8.164 confirmados e 6 casos de óbito.

 Como se não bastasse a crise econômica que assola o país há mais de 7 anos, agora a iniciativa privada amarga também os prejuízos da dengue e as ameaças da pandemia do coronaviru. Enquanto no Município que mais recebe royalties, o prefeito está mais preocupado em “aplicar” quase 1 milhão em shows de festas e lanches de eventos das secretarias. Como diz o vereador Edson: o “show e circo” continuam.

Deixe uma resposta