Analisando mais detidamente cada recibo de pagamento dos funcionários, verifica-se que os grandes ralos e motivos do superlativo aumento, são as centenas de horas extras incorporadas aos salários e as indenizações de toda sorte, chegando alguns servidores a dobrar o salário e a ganhar mais que secretários.

Assim, para não estourar o limite dos gastos com pessoal em função das restrições quanto ao limites impostos pela Lei de Responsabilidade Fiscal, a atual gestão, passou a aumentar ainda mais as contratações de terceirizados para todo e qualquer serviço, inclusive extinguindo cargos efetivos e logo contratando via terceirização como foi o caso dos motoristas.

Deixe uma resposta