Após enorme polêmica sobre a exploração de cemitérios municipais por terceiros sem autorização. No último dia 10.12.2019 foi, finalmente publicado a Lei nº 2.776/19, que dispõe sobre a construção, funcionamento, a utilização, a administração e a fiscalização dos cemitérios e execução dos serviços funerários do Município. A lei veio com atraso de mais de 50 anos, enquanto isso dezenas de famílias, de uma forma ou de outra tiveram que pagar pelas enterro, mesmo sendo todos os cemitérios de propriedade pública.  Assim, agora além de cobrar uma taxa que deverá ser recolhida para o Município através de guia, cujo valor ainda não foi definido, também permitirá que particulares explorem e construam cemitérios, bem como prestem serviços. No fundo, no fundo, tudo fica igual. Morrer continua a custas caro!

Deixe uma resposta