Na tarde de quarta-feira 16 de outubro, a equipe do Folha recebeu queixas de uma moradora da linha IBC de Santa Helena que estaria sofrendo com a falta d’agua na comunidade

Ao chegarmos no local, realmente podemos constatar a falta de água. Em relato as moradoras dizem que já se passa de 4 dias, “as vezes tem as vezes não tem, e quando vem mal dá para lavar a louça e já acaba, está triste a nossa situação” Diz dona Amélia moradora da comunidade.

Quando questionado as moradoras se teriam entrado em contato com a equipe de saneamento básico do município, as mesmas relatam que as autoridades competentes quase não retornam as mensagens ou as ligações.

A comunidade do IBC é uma das mais distantes da cede do município o que com a falta d’agua tudo dificulta ainda mais, por se tratar de uma comunidade nestas situações esquecidas pelas autoridades.

No Caminho encontramos uma equipe da secretaria de abastecimento realizando reparos, a desculpa foi que o consumo se agua estaria se excedendo e, um cano estourado, estaria acarretando a falta dágua para as residências.

O fato é que o problema não é de hoje, as administrações buscam sempre soluções que funcionam de maneira temporária, nada de projetos ou readaptações das linhas de água para que o problema seja solucionado. O problema na comunidade o IBC é histórica.

Se não bastasse, enquanto uma comunidade sofre com a falta de agua, a nossa equipe flagrou um caminhão terceirizado e outro da prefeitura usando água potável de um reservatório de abastecimento do parque industrial  Cerílo Caumo para lavar o calçamento de ruas de pedras irregulares próximo ao Posto da Polícia Rodoviária para passar uma lama asfáltica.

Confira o relato da moradora.

Deixe uma resposta