Mesmo após inúmeras críticas e até indignação por parte da população e vereadores, o prefeito Zado, por seu secretário Ademir Fink da Infraestrutura, contrariando ao bom senso e ignorando as prioridades de geração de emprego e renda, bem como de habitações e saúde mais eficiente, assinou contrato com a empresa O.DRESCHER-ME, situada na Rua Argentina, 2540, sala 01, CNPJ 17.643.179/0001-06 de aquisição de 4.000 lixeiras duplas de aço inox ao custo de R$ 2.096.000,00, ou seja R$ 524,00 cada uma. Como o município tem pouco mais de 8 mil residências familiares, praticamente, cada 2 famílias terão um lixeira de inox, situação inusitada, até para os países mais ricos do mundo. Com esse valor dava para construir mais de 50 casas populares. Detalhe: a FOLHA constatou que, na salinha improvisada do endereço indicado pela empresa, Rua Argetina, 2540, existe na portinha apenas um adesivo, e não existe nenhuma metalúrgica especializada na fabricação da tal lixeira especial inox, certamente, a produção será terceirizada, mais uma vez para empresas de fora, quanto existem excelentes metalúrgicas em Santa Helena que poderiam receber os mais de 2 milhões e gerar inúmeros empregos e renda para cidade. O Portal da Transparência e você podem ajudar a fiscalizar. Veja a imagem do contrato.

Deixe uma resposta