DENÚNCIA: Projeto de Lei nº 072/2019 do Executivo dá início a “terceirização” da saúde, cedendo bens sem limites e sem contrapartida.

Dando continuidade ao “desmonte” da máquina administrativa, a qual consome quase a totalidades dos recursos próprios livres com a folha de pagamento e, a fim de permitir o uso da indenização dos recursos dos Royalties que, inicialmente, deveriam serem destinados prioritariamente, para investimentos produtivos, ou seja, na geração de emprego […]